A PARÁBOLA DO ALUNO-OVELHA PERDIDO (Altair Germano)

 

 


"Então, lhes propôs Jesus esta parábola:
 

Qual, dentre vós, é o professor da EBD que, possuindo cem alunos e perdendo um deles, não deixa na sala os noventa e nove e vai em busca do que se perdeu, até encontrá-lo?

 

Achando-o, põe-na sobre os ombros, cheio de júbilo.

 

E, indo para a igreja, reúne a direção da escola, os demais professores e os alunos das outras classes, dizendo-lhes: Alegrai-vos comigo, porque já achei o meu aluno perdido.

 

Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no céu por um aluno que se arrepende do que por noventa e nove alunos que não necessitam de arrependimento."

(Lucas 15.3-7, adaptado por Altair Germano)

Neste início do século XXI, milhares de alunos de Escolas Bíblicas Dominicais continuam se perdendo, sem que muitos professores tomem a iniciativa de ir em busca deles.

Posso citar alguns fatores que cooperam para isso:

- Indiferença pelas vidas preciosas, resultado da falta do verdadeiro amor cristão;

- Salas de aula com muitos alunos, onde a perda de um não faz diferença alguma para o professor;

- Foco do processo ensino-aprendizagem, nas estruturas, nos recursos materiais, tecnológicos e financeiros, no planejamento, nos métodos (nas coisas) e não nas pessoas;

Que o mestre dos mestres, o Senhor Jesus, seja para todos nós professores de EBD, um exemplo a ser seguido na busca do aluno-ovelha perdido.

Altair Germano

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar