Como você vai comemorar o DIA DA CRIANÇA? (Ivone Boechat)

Todos os dias, mais de 18 mil crianças são espancadas no país, segundo dados da UNICEF – Fundo das Nações Unidas para a Infância. As mais agredidas são meninas entre sete e 14 anos.
100 crianças morrem por dia no Brasil, vítimas de maus tratos – negligência, violência física, abuso sexual e psicológico, segundo pesquisa realizada pelo Laboratório de Estudos da Criança/USP.
Dados do Ministério da Saúde revelam que 38% das mortes de pessoas com até 19 anos são causadas por agressões.
Disque 100- Denuncie!
O serviço do Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes é coordenado e executado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH/PR), em parceria com a Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobrás) e o Centro de Referência, Estudos e Ações sobre Crianças e Adolescentes (Cecria).
• No Brasil, com uma população de quase 67 milhões de crianças de até 14 anos, são registrados, por ano, 500 mil casos de violência doméstica de diferentes tipos. Em 70% dos casos os agressores são os próprios pais biológicos.
A violência contra a criança é crescente e nem sempre ocorre na forma de abuso sexual. Levantamento do Núcleo de Atenção à Criança Vítima de Violência, da Universidade do Rio de Janeiro(UFRJ) mostra, com base de dados coletados entre 1996 a 2011 que:
• 29,1% de meninos e meninas são vítimas de abuso físico.
• A violência sexual aparece em segundo lugar – 28,9%
• 25,7% sofreram negligência(todo tipo de abandono)
• 16,3% abuso psicológico(pressão)
300 mil meninas são vítimas de incesto todos os anos e mais um terço delas tenta o suicídio.(Lacri-USP)
.11,5% das crianças de oito e nove anos são analfabetas, segundo o IBGE.
• 114.000.000 (cento e catorze milhões) de crianças não recebem instrução sequer ao nível básico;
• 6.000.000 (seis milhões) de crianças morrem por ano por má nutrição, antes de fazer cinco anos de idade;
• 800.000.000 (oitocentos milhões) de pessoas deitam-se todas as noites com fome; 300.000.000 trezentos milhões são crianças;
• 50.000.000 (cinquenta milhões) de abortos são cometidos no mundo por ano.

A UNICEF estima que existem 158 milhões de crianças menores de 15 anos vítimas de trabalho infantil em todo o mundo e que mais de 100 milhões, quase 70 por cento da população laboral infantil, trabalham na agricultura em áreas rurais onde o acesso à escola e ao material educativo é muito limitado.

No Brasil, Cerca de 4 milhões de crianças trabalham no meio rural e somente 29% delas recebem remuneração. São escravas. Entre as crianças de 5 a 9 anos, somente 7% recebem remuneração e um grande número não têm acesso à educação.

O Brasil tem mais de 680 mil crianças que não freqüentam a escola.
RRelatório divulgado pela Câmara de Educação Básica, do Conselho Nacional de Educação (CNE) concluiu que faltam 245 mil professores no ensino médio.
Não é falta de profissionais excelentes e qualificados, faltam profissionais que suportem “viver” com o salário que se paga ao professor.
Você não vai poder resolver o problema da fome, do abandono, da falta de professores, da escassez de assistência aos clamores da humanidade! Impossível! Então, comece a atender o grito de socorro da sua família, do seu vizinho, da sua cidade!

Olha o que está na lei:

“Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais.”
(Art. 5º. Estatuto da Criança e do Adolescente)
Um lembrete:
A violência faz-se passar sempre por uma contra-violência, quer dizer, por uma resposta à violência alheia. Jean Paul Sartre
Uma sugestão:

Criminalizar a incompetência política!

Comentários   

 
#1 Verdade assustadoraTiago 09-10-2015 12:49
Ótimo texto! Poderia usa-lo na minha página do Facebook?
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar