VOCAÇÃO (Luiz Tarquinio)

Ao clarear do dia,
não há poesia,
tudo é claro, desnudo, real.
As luzes apagam o torpor da alma,
lápis apaixonado a ferir com pontas
papéis alvejados por letras de emoção.
Ao clarear da noite,
não há vistas,
tudo é treva sem visitas do longe,
horizonte a declamar grandezas em linhas
de inspiração matemática, geométrica,
apoética.
São esses clarões que explicam vocações e
determinam chamados.
   
Apesar de amedrontar estrelas, de
como leão despedaçar romances,
e arrefecer pensamentos inspirados por grilos
e outros sons mudos ao dia,
o sol tem vocação de constelação,
aquece e empresta combustível à vida,
rabisca das paisagens quadros incríveis,
escondidos pela noite, cúmplice da lua,
em tintas de cores soberanas,
não sujeitas a definições.

Ao nascer da noite,
quando o sol ganha timidez,
banhos de mar são por acoites,
ou por pecado da exceção rebelde à regra.
A escuridade impede peles de marinar ao sal,
afasta dos corpos desenhos do salitre branco.
Nada de beleza, por exemplo,
na mais ampla e desvairada lua,
por mais deslumbrante que seja,
estando submissa ao azul,
sua beleza se combina ao preto.
Bela nos limites do seu chamado,
Competente e linda em desfile
nas passarelas de sua própria vocação,
desastrada, melada, tacanha, se noutra
apresentação.

Há comidas e bebidas,
Brancos e pretos,
Pássaros e peixes,
Homens e animais.
Há astros do dia e da noite,
Especialistas no claro,
vocacionados no escuro.
O que seria da noite sem a lua?
E se diria da agonia de um sol sem o dia?
Recluso, preso, confinado ao desespero
de vocação restrita a existência.

Sóis e luas em equivalência não se misturam;
ainda que se encontrem nalgumas passagens,
respeitam cada um do outro a majestade.
Também homens ou são sóis ou luas,
ou brilham no dia ou encantam as noites,
São alegria ou poesia, não por quererem
ou perseverarem, ou sonharem,
mas por determinação do que distribuiu dons
para que a existência ganhe variados tons
vindos dos tantos pincéis.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)