ESTE É UM TEMPO DE MAIOR DEPENDÊNCIA DE DEUS (Oswaldo Jacob)

Vivemos uma crise moral sem precedentes. Igualmente, passamos por uma hecatombe econômica talvez nunca vista na história do Brasil. Estas duas realidades demandam vidas santificadas e uma dependência bem maior de Deus. Somos chamados a viver uma vida que honre o nosso Senhor. Convocados a repensar nossas estratégias seja como igreja local, seja como denominação batista para enfrentarmos esse tempo em que o amor de muitos está se esfriando. O Senhor ordena que santifiquemos nossas vidas (Lv 11.44; 19.2; Hb 12.14). Como líderes, devemos ser o exemplo dos fiéis na palavra, no comportamento, no amor, na e na pureza (1 Tm 4.12).

Como igrejas e denominação, precisamos repensar nossas prioridades, rever o nosso conceito de dependência de Deus e buscarmos intensamente o zelo de Jesus pela obra do Pai (Sl 69.9 e João 2.17). Olharmos para o Mestre e imitar a Sua simplicidade, a Sua paixão pelas almas, o Seu compromisso com o discipulado de pessoas e, acima de tudo, o Seu desejo intenso de fazer a vontade do Pai. Não temos o direito de vivermos vida uma vida sofisticada, não temos o direito de gastarmos sem planejamento, não temos razão para dependermos de homens, de consultorias, de técnicas meramente humanas para enfrentarmos e vencermos a crise. O que realmente necessitamos é colocarmos os nossos joelhos no chão e pedirmos misericórdia a Deus para vivermos a vida cristã autêntica (Ef 3.14-21). É claro que este ato deve ser acompanhado de muito trabalho, economia e criatividade na gestão.

É urgente que mobilizemos os irmãos de todo o Brasil para orarmos e jejuarmos pela evangelização do País, pela nação, pelo fortalecimento das instituições democráticas, pela aplicação da justiça do Reino de Deus, renovando o nosso compromisso com a ética de Jesus de Nazaré, na contramão daqueles que estão dentro da igreja e das denominações agindo com desonestidade e que são presos por causa da corrupção, de um testemunho vergonhoso. Que vivamos a coerência de Cristo. Como Ele, não nos cansemos de fazer o bem (At 10.38).  Que aprendamos as lições da História. Que a nossa resposta diante dos fatos vergonhosos do Brasil seja um compromisso inadiável e inalienável com as verdades das Escrituras, aplicando-as em nosso dia a dia.

Sabemos que o nosso Deus suprirá todas as nossas necessidades em Cristo Jesus (Fil 4.19,20). O nosso grande desafio é buscarmos o Reino de Deus em primeiro lugar (Mt 6.33). Que o Senhor nos livre da ansiedade de um mundo incrédulo e nos ministre o descanso em Sua fidelidade, tão característico na fé cristã. Ainda que sejamos infiéis, Ele permanece fiel, pois não pode negar-se a Si mesmo (2 Tm 2.13). É impressionante a provisão de Deus para os Seus filhos! O nosso Deus é sempre provedor. Ele quer que vivamos pela fé e não por vista (Hc 2.4; Rm 1.17; Hb 11.6). Quer ser sempre a nossa PRIORIDADE. Que o nosso Senhor seja engrandecido, louvado e dignificado em nosso modo coerente de viver e assim veremos o poder de Deus se manifestar em nossas igrejas, em nossa denominação e em nosso amado Brasil.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)