O USO DE TENSÕES COMO FERRAMENTA HARMÔNICA (Ramon Chrystian)

REARMONIZAÇÃO
O uso de Tensões como Ferramenta Harmônica

A música evangélica brasileira é um tipo de música muito acessível no que tange ao aspecto auditivo. De certa forma isso é coerente porque precisamos ter músicas acessíveis em nossas igrejas. Devemos facilitar o momento do culto musical e incluir na participação, toda a congregação. Entretanto, muitas vezes essa acessibilidade pode trazer certa pobreza harmônica, tal pobreza, pode cansar os ouvidos como conseqüência do som estar sempre “quadrado”.
Por esta razão, vamos falar de harmonia. Acompanhe até o final que você vai entender.

Nós já sabemos que existem as tríades (acordes formados por três notas como
C = dó – mi - sol) e as tétrades ( acordes formados por quatro notas como o
C7M = dó – mi - sol - si). No Campo Harmônico maior podemos acrescentar tensões nos acordes, tais tensões, se usadas com bom senso podem colorir, e dar um colorido especial às músicas.


Observe:
I7M      IIm7    IIIm7        IV7M     V7          VIm7      VIIm7(b5)
C7M    Dm7    Em7         F7M     G7          Am7      Bm7(b5).
Jônio  Dórico  Frígio        Lídio   Mixolídio   Eólio      Lócrio

Vamos pensar que para cada posição que o acorde ocupa no Campo Harmônico teremos um modo... ex: o C7M como primeiro grau é Jônio. O F7M como quarto grau é lídio por causa de sua posição no campo harmônico.
Para cada modo, ou seja, dependendo da posição que o acorde estiver no campo harmônico, haverá tensões disponíveis para esse acorde.

Abaixo disponibilizo uma tabela que tentei fazer com muita praticidade e simplicidade, e logo após vamos aos exemplos práticos do uso dessas tensões:

MODOS

JÔNIO


Acordes característicos: I7M, I6, I6(9), I7M (9,13), I7M(9), I(add9).
Nota Evitada: 4J (11J). – As notas evitadas devem ser evitadas porque “chocam” com outras notas, neste caso, a terça do acorde.
Notas de Tensão: 2(9), 6(13).

DÓRICO

Acordes característicos: IIm7, IIm6, IIm(add9), IIm7(11), IIm7(9,11), IIm6(9), IIm6(9,11).
Notas Evitadas: Nenhuma.
Notas de Tensão: 2(9) 4(11).
Notas de Tensão característica: 6(13) – Obs.: as notas de tensão característica caracterizam o modo, dá a sonoridade específica do modo.

FRIGIO

Acordes característicos: IIIm7, IIIm7(11), IIIm11.
Notas de tensão: 4J (11J)
Tensão característica: b2 - Esta tensão não é aconselhável no nosso contexto de harmonização porque ela “choca” bastante com a Tônica.
Nota evitada: b6 (b13).

LIDIO

Acordes característicos: IV7M, IV6, IV7M(9), IV6(9), IV7M(9,#11), IV(add9), IV7M(9,13), IV7M(9,13), IV7M(#11).
Notas evitadas: Nenhuma.
Notas de Tensão: 2(9), 6(13).
Notas de Tensão característica: #4(#11).

MIXOLIDIO

Acordes característicos: V7,V7(9), V7(13), V7(9,13), V7sus.
Notas evitadas: 4J (11J)
Notas de Tensão: 2(9) 6(13)
Notas de Tensão característica: 7

EÓLIO
Acordes característicos: VIm7, VIm7(9), VIm(add9), VIm7(11), VIm7(9,11)
Notas evitada:b6
Notas de tensão: 2(9), 4J(11)

LOCRIO
Acordes característicos: VIIm7(b5), VIIm7(b5,b13), VIIm7(b5.11).
Notas Evitadas: b2(b9).
Notas de tensão: 4J(11J), b6(b13)
Tensão característica: b5

Vamos supor que temos uma música com a seguinte progressão:

C Am F G C Dm G C 

Para adicionar tensões, primeiro, devemos analisar a musica:

C       Am      F     G     C     Dm     G     C 
I         VI       IV     V      I        II      V       I

Sabendo em que grau do campo harmônico o acorde está e as tensões dos modos, podemos aplicar as tensões de forma muito fácil:

    C7M(9)                       Am7(11)                     F7M(#11)                      G7(9) 
Tensões Jônias         Tensões Eólias            Tensões Lídias           Tensões Mixolídias

     C6(9)                         Dm7(9)                        G7(13)                         C6 
Tensões Jônias        Tensões Dóricas       Tensões Mixolídias         Tensões Jônias


Conhecendo as tensões disponíveis de cada modo você escolhe a que achar melhor. Quero ressaltar sempre o bom senso.
• Há momentos em que o simples é o melhor.
• Nunca agrida a melodia.
• O estilo da música (pop,rock,bossa, jazz, Blues), muitas vezes determina até que ponto é interessante o uso das tensões.
• Simplificando... Tenha em mente: Ficou bonito e funcional? Ta valendo! Ficou feio ou desfuncional? Repense!

Que Deus nos abençoe 
Um abraço,

Ramon Chrystian A. Lima
www.letrasonora.com.br

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)