SE DEUS QUISER (Richard José Vasquez)



Essa é uma frase bastante comum para nós. Penso que várias vezes a pronunciamos sem refletir no seu real conteúdo, que é Deus quem está no comando, e que as coisas acontecem com a sua concessão. Quando a concessão é do lado positivo, tudo bem, Ele realmente quis. Quando a concessão é do lado negativo, questionamos muito. Os próprios desastres da natureza levam a esse debate.

Meu pastor, Israel Belo de Azevedo, procura sempre nos orientar que alguma lei foi quebrada para que alguma coisa tenha saído errado. Muitas vezes também não atentamos para isso, olhamos somente para o resultado final. Olhamos o EFEITO e não procuramos entender as CAUSAS. São as causas que levam à ocorrência do efeito, e as causas podem ser de várias categorias.

Uma ferramenta usada no estudo da gestão da qualidade é o Diagrama de Ishikawa, também conhecido como Diagrama de Causa e Efeito ou Diagrama Espinha de Peixe, por aparentar essa forma. Essa ferramenta leva à análise de no mínimo as chamadas seis grandes causas: materiais (que recursos materiais são necessários), mão-de-obra (pessoas necessárias, qualificações, capacitações), meio-ambiente (local de trabalho, condições do ambiente, temperatura, ruído, poluição, obstáculos), métodos (procedimentos, maneira de realizar o trabalho), máquinas (equipamentos, ferramentas) e medidas (forma de acompanhar a execução do trabalho e de mensurar os resultados obtidos).

Adicionalmente pode ser também ser incluído como grandes causas: money (dinheiro, recursos financeiros necessários para a realização do trabalho, gestão do custo – despesas a serem realizadas) e management (gestão, coordenação do projeto ou do trabalho, formas de realizar a gestão).

Note que isso tudo é importante de ser considerado, principalmente na fase de projeto do trabalho a ser executado, quando se está realizando o planejamento do trabalho. É importante ser proativo, agir antecipadamente. Isso requer tempo para pensar, para discutir, para analisar o que será feito. Mesmo fazendo isso, corre-se o risco de se esquecer de alguma coisa e de se ter um resultado não desejado. Imagine então quando não se considera nada, qual é a chance das coisas darem errado.

Tudo isso nos leva ao que é racional, a pensar em fazer bem feito, a fazer certo e cada vez melhor. Mas Tiago chama a nossa atenção para a incerteza dos planos humanos. Ele diz assim: “Ouçam agora, vocês que dizem: ‘Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro.” Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa. Ao invés disso, deveriam dizer: “Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo.” (Tiago 4.13-15).


Exemplos daquilo que não depende de nós, ocorrido no final de semana passado (8/5/11):

1. Saindo para ir à igreja, eu e minha esposa nos dirigimos à garagem do nosso prédio para pegarmos o nosso carro. A bateria estava descarregada e não conseguimos ligar o carro. Plano B? Não tínhamos. Saímos do prédio e caminhamos até encontrar um táxi para continuar nosso trajeto.

2. Nosso amigo é acordado de madrugada com a informação de que sua mãe havia falecido, exatamente no Dia das Mães. O plano dele para o domingo era outro.

3. Estava me preparando para ir ao almoço das mães da nossa família quando a chave da porta principal do meu apartamento ficou presa na fechadura. A chave não saía e a porta não abria. Precisei encontrar um chaveiro em pleno domingo das mães para abrir a minha porta.


É exatamente o que Tiago diz: “Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã.” Esse amanhã pode ser o segundo seguinte. Realmente não sabemos de nada, por isso Tiago nos recomenda dizer: “Se o Senhor quiser.” E é realmente assim, se Deus quiser faremos alguma coisa, apesar de planejarmos, de desejarmos alguma coisa. Isso também não quer dizer que não devemos ir em frente. Precisamos colocar nossos planos nas mãos do Senhor e pedir a direção dEle para os executarmos. Pense nisso, e que “Se Deus quiser” não seja mais da boca pra fora em sua vida. Boa semana.

 

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.     Website: www.rjv.com.br SE DEUS QUISER

(Richard José Vasques)

 


Comentários   

 
0 #1 PastorGuest 12-05-2011 22:02
Realmente, Richard! Muitas vezes utilizamos a expressão tema de sua reflexão irrefletidament e. Obrigado por ajudar-nos a lembrar do profundo sentido da expressão "Se Deus Quiser" e pelos exemplos interessantes que foram compartilhados para que entendêssemos mais profundamente a essência da sua dimensão em nossa prática diária.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)