E O AMANHÃ, COMO SERÁ? (Richard José Vasques)

Ao escrever o título, lembrei-me que existe uma música que fala algo parecido: “o que será o amanhã, como vai o meu destino?” Tem também um ditado que diz assim: “o amanhã pertence a Deus.” Sabemos também que a vida passa muito rapidamente (lembram-se da música: “eu sou nuvem passageira, que com o vento se vai.”). Em 2007 gravei um CD intitulado “Vapor” (você pode ouvir e baixar as músicas acessando www.rjv.com.br e clicando em RJV Music), com base no seguinte versículo:  

 

“Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece.” Tiago 4.14 (Almeida Revista e Corrigida). Apesar disso, somos mestres em nos preocupar com o amanhã. Às vezes até planejamos algo para a nossa vida, e creio que devemos fazer isso. Na maioria das vezes nós não planejamos e não pensamos em nada em relação ao futuro (paralelo da estória da Cigarra e da Formiga), mas nos preocupamos e sofremos muito por causa disso.  

 

Não se preocupar; não estar inquieto com coisa alguma. Creio que já mencionei que isso é um grande desafio para mim. A Bíblia diz assim em Mateus 6.34: “Não vos inquieteis pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal”. Mas a gente se remói. Parece que gostamos de sofrer. Pergunta: adianta ficar aflito? Isso vai mudar alguma coisa? Tenho aprendido que muda para pior, pois passamos a ficar estressados, passando mal antecipadamente. É preciso aguardar.  

 

Melhor dizendo, é preciso orar, entregar ao Senhor e aguardar (confiança, fé). Olha o exercício aí de novo. Isso é válido para qualquer situação. E muitas vezes ficamos dependendo de resposta e posição de outras pessoas, ficamos dependentes delas. Com relação a isso, temos duas possibilidades: 1) depender por não termos alternativa no momento; ou 2) depender porque gostamos de deixar a situação na mão dos outros (simplesmente gostamos de passar a bola pra frente).  

 

Para a segunda alternativa, nós temos a seguinte recomendação do Apóstolo Paulo: “Esforcem-se para ter uma vida tranqüila, cuidar dos seus próprios negócios e trabalhar com as próprias mãos, como nós os instruímos; a fim de que andem decentemente aos olhos dos que são de fora, e não dependam de ninguém.” 1Tessalonicenses 4.11-12 NVI. Paulo quer nos ensinar que devemos depender somente de Deus, o nosso Pai. Relacionamento com o Pai.  

 

Como será o amanhã? Vamos viver o hoje, cuidando dos nossos negócios (daquilo que nos cabe fazer), trabalhando com nossas próprias mãos (usando os recursos e conhecimentos que temos), andando decentemente (dando nosso testemunho), colocando nossas necessidades, medos e aflições diante de Deus, sabendo que basta a cada dia o seu mal. E o amanhã? Não sabemos se haverá amanhã. Vivamos o hoje. Alguns dizem: “viver hoje como se fosse o último dia” – algo para pensar, pois não queremos que seja o último dia, não é mesmo!  

 

Volto para Tiago que diz: “Ouçam agora, vocês que dizem: hoje ou amanhã iremos (futuro) para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro. Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã!” Tiago 4.13-14a. “Quem examina cada questão com cuidado prospera, e feliz é aquele que confia no Senhor.” (Provérbios 16.18)  

 

No momento que escrevo esse artigo estou aguardando resposta sobre a remarcação da passagem aérea do meu filho para o retorno dele no final do ano, da Nova Zelândia para o Brasil. Não sei se haverá vaga na data desejada por ele, nem se haverá diferença de tarifa requerendo pagamento adicional para essa data. Por questões contratuais, várias pessoas estão envolvidas, cada uma responsável por uma parte do processo (escola, agentes, companhia aérea). O que eu posso fazer? Você consegue me responder? Essa resposta também é aplicável a você? Um abraço, boa semana.

 

  E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
Website: www.rjv.com.br

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar