NATAL É SEMPRE NATAL (Sylvio Macri)

Os meios de comunicação têm dito que este é o Natal da crise, mencionando a redução das vendas do comércio e a dificuldade da população em adquirir os produtos que geralmente são consumidos nesta época. Porém, como sempre, também ouvimos muita gente dizer: Natal é sempre Natal. Isto é, Natal é tempo de comemorar, e sempre pode-se dar um jeito de festejar, ainda que com menos recursos. O problema é que, neste desejo de celebrar a qualquer custo, muitos, impensadamente, se endividam ou gastam  aquilo que deveriam guardar para as despesas do dia a dia. 

 

Mas, embora para a maioria das pessoas o Natal seja uma ocasião para festejar por mera tradição, para o cristão a expressão “Natal é sempre Natal” tem um significado mais profundo. Ainda que o cristão  nesse dia coma apenas feijão com arroz, vista apenas uma roupa surrada e beba apenas água, ainda tem muitas razões para comemorar. Pois para ele o sentido do Natal não está na comida, na bebida nem na roupa nova, mas em celebrar o dom da graça de Deus, o presente da salvação dado por Deus em Jesus.   

 

Natal é sempre Natal porque é a comemoração do aniversário do nosso Senhor e Salvador, isto é, a vinda ao mundo do Filho de Deus para restaurar a humanidade caída. Infelizmente, perdeu-se de vista esse que é o motivo mais importante da celebração. Por essa razão, na memória do povo em geral, Natal lembra peru, leitão assado, bacalhau, castanhas, nozes, passas, bebidas caras, roupas e calçados novos. A figura mais importante passou a ser Papai Noel e os presentes que ele traz são apenas coisas materiais.

 

Para o cristão, Natal é sempre Natal porque o faz lembrar-se de como Deus o amou e deu o seu próprio Filho para salvá-lo, mesmo que não mereça tão grande presente. Natal é sempre Natal porque celebra sentimentos: verdadeiro amor, verdadeira alegria, verdadeira paz, que vêm pela relação com o personagem mais importante do Natal, que vêm pela fé em Jesus e pela certeza da vida  eterna recebida por meio dessa fé.

 

Natal é sempre Natal porque não é uma festa material, mas espiritual. Ocasião para derramar-se perante o Senhor Jesus em gratidão sincera, em louvor de todo o coração e em adoração humilde. Natal feliz é aquele que é celebrado na presença do Rei dos Reis e Senhor dos Senhores, e não em um salão de banquetes  ou num espetáculo qualquer. 

 

 Pr. Sylvio Macri

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)