OBRIGADO, ALEMANHA! (William Douglas)

Escrevo após assistir o vídeo “Obrigado Brasil", divulgado pela Alemanha. Eis o vídeo, http://tv.dfb.de/video/obrigado-brasil/9036/ – Respondo.
 
Muito gentil você, Alemanha.
Mas, para ser sincero, quem tem que agradecer somos nós:
1, pelas lições em campo,
2, pelas lições fora dele.
 
Obrigado, Alemanha, por revelar que diferença fazem a seriedade, o treino, o trabalho duro, a organização, a humildade, o trabalho em equipe, e tudo o mais. É algo que precisamos muito aprender. Anoto que torci muito pela minha seleção, inclusive estando pessoalmente com minha filha no jogo contra a Holanda, naquele 3 x 0. Minha reclamação por faltar tudo isso na seleção brasileira não é a de quem torce contra, mas justamente a de quem torce a favor.
Obrigado, Alemanha, por vencer de 7 sem firulas nem gracinhas, mostrando respeito pelo adversário em seu momento mais fraco, postura tão rara aqui nessas latitudes. Profissionalismo e respeito são outras lições que nos legou.
Obrigado, Alemanha, por aquela mensagem dizendo que sabe o que é perder uma semifinal dentro do próprio país e falando bem da "amarelinha", e obrigado por não lembrar que você perdeu de um a zero no final da prorrogação. Lembro até hoje do time alemão de cabeça baixa, que só se levantou quando o estádio cantou que tinha orgulho dele. Foi lindo (obrigado, povo alemão, pela lição de orgulho e patriotismo, obrigado).
Obrigado, Alemanha, por nos poupar de ver os argentinos nos zoarem mais ainda. Sem a taça eles já não souberam respeitar as estrelas nem a hospitalidade que receberam, apesar da rivalidade em campo. Imagine se tivessem ganhado?! Logo eles, a siete copas sin ganarem náda. Obrigado por nos poupar de outro maracanazo, Alemanha. 
Obrigado pela forma como levou as coisas na Bahia, onde os jogadores ficaram concentrados. Aliás, obrigado pelo exemplo de ficarem concentrados. Obrigado por treinarem no horário de sol a pino, por não colocarem ar-condicionado na academia, e por treinarem tantos dias.
Obrigado por terem brincado tanto com nossas crianças, inclusive as pobres, e também com as deficientes. Obrigado pela doação da ambulância, obrigado por aparecerem nas festas, por visitarem nossos índios, obrigado por construírem o CT, por empregarem brasileiros, por cantarem nossos hinos e por abraçarem nosso tão aviltado pavilhão (não pelo nosso time, o jogo deles foi mera consequência, falo dos corruptos que existem em nossa nação). 
Senti falta da nossa seleção visitando crianças, orfanatos. Essas coisas, Alemanha, parecem pequenas, mas não o são. Então, também por isso, por visitar por nós, obrigado, Alemanha.
Obrigado, por fim, por dizer obrigado. Gratidão é algo pouco comum por aqui e no país aqui de baixo (refiro-me à posição geográfica e ao número de títulos da Argentina).
Obrigado, Alemanha, por seu técnico (e confederação idem) achar que tem algo a aprender com os outros. Por aqui, o presidente da CBF disse: "Posso afirmar que não temos nada a aprender com ninguém de fora, principalmente no futebol. Sempre tivemos os melhores do mundo. Já vencemos cinco vezes a Copa" (José Maria Marin, Presidente da CBF). Pensando assim, é certo que as coisas por enquanto não vão bem por aqui. Então, Alemanha, obrigado, pois do jeito que vai só faltam 2018, na Rússia, e 2022, no Catar. Se apenas querem aprender com quem tem mais campeonatos, quero que chegue logo ao hexa, e vai que, enfim, Alemanha, alguém aqui resolva aprender algo com você (seguindo a lógica louca do Presidente da CBF).
Aí, e me desculpe, Alemanha, então vai ter jogo, e espero com todo o respeito e gratidão que merece, que nosso time enfim volte a vencer. E se acontecer, obrigado, Alemanha, obrigado outra vez. Vamos agradecer a você com um grande jogo.
Enfim, parabéns pelo feito e obrigado por tudo. A quarta estrela ficará muito bem na sua camisa. Apesar do 7x1, não imagina quanto exemplo e alegria nos deu.
 
Obrigado, Alemanha!
 

Comentários   

 
#1 Excelente TextoAntonio Francisco 17-07-2014 18:08
òtima análise em relação a seleção Alemã, que deu uma aula não apenas de futebol, mas também como existe outras coisas além.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar