O AMOR NUNCA FALHA (Amantino Adorno Vassão)

alt
Em missão diplomática um oficial se dirigia ao Afeganistão onde foi aprisionado, ficando encarcerado durante seis meses, após o que foi decapitado, porquanto se recusara a converter-se ao maometanismo. Seu diário foi ter às mãos de solícita e carinhosa irmã que leu aquelas páginas com o coração torturado. O amor de Cristo dominou seu coração e a guardou de odiar os assassinos de seu irmão.
 
Sua reação foi diferente.
 
No hospital dirigido pelo Dr. Pennell, na fronteira Afegã, os enfermos passaram a usar uma cama doada e mantida pela irmã do oficial inglês. Quando, vingativos como eram, ficavam sabendo da origem da cama, reagiam de modo favorável ao cristianismo que produz um tal espírito perdoador. Por causa daquela cama, inúmeras almas têm sido conquistadas para Cristo.
 
Confirma-se a palavra do apóstolo Paulo: “ O amor nunca falha.”

(Extraído de VASSÃO, Amantino AdornoEsteiras de LuzRio de Janeiro: Juerp, 1971.)

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar