(ERA UMA VEZ... NA BÍBLIA, 6) -- OS 12 IRMÃOS

alt

(Gênesis 37 e 39 a 47)
 
Era uma vez...
um palácio muito bonito
na distante terra do Egito.
Era a casa de Faraó, que era o rei,
mas também a casa de José, que viera de longe.
 
Antigamente, José não morava ali.
 
Ele morava na terra de Canaã,
junto com seus 11 irmãos, seu pai e sua mãe.
Ele ajudava muito em casa.
Um dia seus irmãos ficaram com raiva dele,
por causa de um sonho.
Estavam todos no campo cuidando dos animais
e José foi se encontrar com eles, a pedido do pai Jacó.
Quando chegou, seus irmãos o jogaram num poço sem água.
José chorou muito, mas não adiantou nada.
Só Rubem reclamou, mas não conseguiu nada.
Eles o venderam para umas pessoas que viajavam pelo mundo para comprar e vender coisas.
E José foi vendido para o palácio no Egito.
José esqueceu tudo, estudou e trabalhou muito.
O rei Faraó ficou conhecendo José
e o convidou para ajudá-lo a governar todo o país.
José aceitou o convite e ficou muito famoso e importante.
Só que ele nunca se esqueceu de ser amigo de Deus.
 
Enquanto isto, em Canaã, Jacó ainda vivia,
mas Raquel já tinha morrido.
As coisas estavam muito difíceis,
porque ficou muito tempo sem chover.
O capim dos animais secou,
as plantas morriam de sede
e passou a faltar comida para as pessoas.
Os irmãos de José foram para o Egito para comprar alimento.
Advinhe quem eles encontraram lá?
 
No palácio estava o irmão que eles tinham vendido por 20 moedinhas de dinheiro.
 
José os viu. O coração pulou.
Ele segurou as lágrimas de emoção e não falou nada.
Preparou um lindo jantar com todas as comidas, frutas e sobremesas do Egito.
E eles comeram, comeram, comeram.
 
Muitas coisas aconteceram, até que José não agüentou mais,
abraçou todo mundo e falou:
— Eu sou José, o filho de nosso pai Israel
que vocês venderam aos filhos viajantes de Ismael.
Só estou aqui, meus irmãos, porque nosso Deus é fiel.
Como vai o papai querido e a querida mamãe Raquel?
 
Depois que eles contaram como estava tudo em Canaã,
José pediu para que voltassem e trouxessem o resto da família.
E a grande família do pai Israel viveu feliz por muito tempo na nova terra de José.
 
PARA LEMBRAR
 
“Todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus”. (Romanos 8:28)
 
PARA ORAR
 
Senhor, agora eu quero te pedir
para que me ajudes a respeitar e a ser respeitado,
para que me ajudes a amar e a ser amado.
Se eu tiver raiva de alguém,
eu te peço que me ajudes a esquecer,
porque eu também, às vezes, faço raiva nos outros.
Em nome de Jesus. Amém.
 
PARA ABENÇOAR
Que Deus sempre cuide de você
protegendo você das pessoas más,
ajudando-o a viver feliz com a nossa família.
É isto que eu desejo para você hoje e sempre.
Em nome de Jesus. Amém.
 
 
PARA LER
 
Os irmãos de José ficaram com inveja dele.
Eles o venderam para o Faraó no Egito.
José estudou e trabalhou muito.
Faraó convidou José para ser um príncipe.
Os irmãos de José foram pedir comida para ele.
Ele abraçou seus irmãos com muito amor.
Depois foram todos morar no Egito.
E foram felizes por muito tempo.
Todos aprenderam que Deus é fiel.
 
 
DICIONÁRIO PEQUENO
 
 
abençoar
— Papai, o que é uma pessoa abençoada?
— É uma pessoa feliz, minha filha.
Abençoar uma pessoa é desejar que ela seja feliz.
É fazer alguma coisa para que ela seja feliz.
É muito bom abençoar. É muito bom ser abençoado.
 
amargurada
— Mamãe, o que é uma pessoa amargurada?
— É uma pessoa que está sempre triste.
Acha tudo sem graça e não gosta da alegria.
Uma pessoa amargurada acaba ficando doente.
— Ah, mamãe, é muito triste viver assim.
 
confirmar
— Papai, o que quer dizer `confirmada'?
— Confirmar é repetir uma coisa que você já disse.
É quando você fala que vai fazer uma coisa e depois faz.
 
fiel
— Papai, você é fiel?
— Olha, filha, fiel é uma pessoa em quem a gente pode confiar.
É uma pessoa que cumpre o que promete.
Só Deus é fiel de verdade.
Eu também procuro ser fiel.
 
governar
— Mãe, é bom governar?
— Não sei, meu filho. Só sei que governar quer dizer comandar muitas pessoas da cidade ou do país, para que todos sejam felizes.
 
inveja
— Pai, eu não sei o que é inveja?
— Inveja, filha, é não gostar da felicidade dos outros.
É ter raiva dos outros só porque são alegres.
 
madrugada
— Mamãe, a que horas começa a madrugada?
— A madrugada começa quando a noite está chegando ao fim,
e o dia está começando.
 
país
— Gente, que é país?
— País é o lugar onde a gente mora.
Ele é muito grande e tem muitas cidades, muitas ruas e muitas casas.
Brasil é o nome do nosso país.
Quem nasce no Brasil é brasileiro.
 
palácio
— Mamãe, quem mora nos palácios?
— Palácio é a casa onde os reis, presidentes, governadores e prefeitos moram e trabalham.
Eles devem procurar fazer o bem a todos.
— E eles sempre fazem isto?
— Nem sempre, minha filha.
Tem muitos que só pensam em ficar ricos e mandar nos outros.
Esses não merecem ser reis, presidentes, governadores ou prefeitos.
 
perdoar
— Pai, é fácil perdoar?
— Não, filho. Perdoar é esquecer alguma coisa errada que alguém fez pra gente.
Muita gente não sabe perdoar,
mas Jesus disse que a gente deve aprender a perdoar os outros.
— É, pai, é muito bom quando eu erro
e você, a mamãe, o meu irmão ou uma amiga me perdoa.
 
respeitar
— Mãe, a quem a gente deve respeitar?
— A gente deve respeitar todas as pessoas.
— Como?
— Ouvindo o que elas dizem, atendendo o que elas pedem, mostrando amor por elas.
 
servir
— Pai, quem serve é servo?
— Servir é uma coisa muito boa. É ter prazer em ajudar os outros.
— E servir a Deus?
— É fazer tudo aquilo que deixa Deus alegre: amar os outros, cuidar dos bichos, proteger a natureza e muitas outras coisas que fazem bem.
 
 
 
trato
— Mãe, é certo fazer trato com os outros?
— Se você pensa em cumprir, tudo bem.
É feio prometer só por prometer.
 
RECADO AOS PAIS
Estas histórias foram escritas para serem lidas para as crianças. Foram concebidas para serem ouvidas por elas na hora de dormir. Por isto, são um pouco longas, pois nossos filhos e filhas geralmente demoram a pegar no sono.
A oração pode ser repetida pela criança.
A bênção pode ser falada por você.
A seção PARA LER deve ser lida pela própria criança, se ela é capaz de o fazer. Se não, pode servir de ajuda na recordação da história.
O vocabulário em forma de diálogo, ao final, visa ajudar a criança no seu caminho por entre as palavras.

ISRAEL BELO DE AZEVEDO

 

Comentários   

 
0 #3 prazer de lerGuest 03-04-2016 11:45
Pastor Israel, que lindo o seu trabalho. Oro pelo se. E por todos que se dedicam em fazer um trabalho lindo assim, compartilhando a palavra do Senhor, inclusive para os pequeninos que precisam tanto aprender. Que o Senhor continue lhe abençoando poderosamente. Obrigada Pr.
 
 
0 #2 prazer de lerGuest 03-04-2016 11:38
Muito lindo isso... amei!!!
 
 
0 #1 eeddcdGuest 05-11-2015 17:02
ggggggrrrrrrrrr geeeeeeeeeeeeee eeeeeeee
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)