MANIFESTO DE PASTORES/AS E LÍDERES BATISTAS PELA PARTICIPAÇÃO SOCIAL

Nós, pastores/as e membros de igrejas batistas filiadas à Convenção Batista Brasileira, vimos com surpresa o pronunciamento que afirma que "a Denominação Batista opõe-se ao Decreto n. 8.243".
 
Entendemos que a consciência do indivíduo e a separação Igreja-Estado constituem alguns dos maiores valores e contribuições da tradição e pensamento Batistas. Repudiamos, portanto, como membros e pastores desta denominação qualquer movimento que vá contra estes princípios.
 
Nós - pastores/as, membros e líderes batistas - somos favoráveis à participação social e temos a convicção de que somente por meio deste tipo de instrumento teremos uma democracia mais moderna e mais eficiente. Quem e por que se teria medo da participação social, isto é, da ampliação sempre e mais da democracia?! É preciso avançar e qualificar mais e melhores espaços de participação social.
 
Entendemos que esta temática está para além de questões ideológicas, sendo compreendida a partir de uma concepção moderna de Estado, a qual entende e reconhece que a democracia só tem a ganhar ao institucionalizar espaços de participação e controle social, feitos, obviamente, pela própria sociedade. É importante lembrar que estas ações e propostas foram inicialmente elaboradas no seio de democracias liberais da Europa e dos Estados Unidos, representando um avanço e um aperfeiçoamento de nossa recente democracia. A institucionalização trazida pelo Decreto no. 8.243 está embasada na Constituição Federal e em legislação posterior.
 
Em razão disto, afirmamos que somos favoráveis ao Decreto no. 8234 que institui a Política e o Sistema Nacional de Participação Social. Porque discutir, participar, construir, avaliar, transformar é parte de nossa identidade histórica como denominação democrática.
 
04 de agosto de 2014
Christian Gillis - MG
Clemir Fernandes – RJ
Daniel de Almeida e Souza Jr. - RJ
Silvia Nogueira - RJ
Filipe Degani - RJ
Odja Barros - AL
Wellington Santos - AL
Fellipe dos Anjos – RJ
Jorge André Santoro – RJ
Marcos Gonçalves Oliveira – RJ
André Decotell – RJ
Bruno Araújo Ferraz – RJ
Igor Bonan – RJ
Enelice Jacobina – GO
Henrique dos Santos Vieira Lima - RJ
Luis Leão – RJ
Bruno Montarroyos - PE
Roberto Amorim - BA
Waldir Martins - BA
Danilo Gomes - BA
Ozenildo Rocha - MG
Nilo Tavares - RJ
Marcio Cappelli - RJ
 
SE VOCÊ QUER PARTICIPAR, ASSINE: 
 

Comentários   

 
#2 Enganados?Carlos Osmar Trapp 09-08-2014 11:47
Será que esse povo sabe o que está apoiando? Será que sabe que Dilma apoia Cuba, Venezuela, onde esses grupos atuam. Será que sabem que com essa ação do governo se quer implantar o comunismo no Brasil (uma das facetas)?
Pelos que assinam a nota já dá para ver que são esquerdistas.
Pensem no que estão fazendo!
 
 
#1 Dec. 8.234Sergio Paulo Pereira 07-08-2014 12:12
Será que os subscritores desse manifesto, conhecem a fundo o conteúdo do decreto que estão apoiando ? Sabem que o próprio texto(do decreto citado) é dúbio e pode servir para uso e interpretações nada democráticas e politico-partid árias?
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar