Choro e oro pelas mães

Choro hoje,

pela mãe que se lamenta chora pelo filho que se deixou dominar pela droga do vício, apesar dos seus conselhos tão exigentes e das suas orações tão insistentes

pela mãe que soluça, os dois joelhos feridos de se dobrarem em súplica por um emprego que não vem para sua filha tão preparada

pela mãe cujos olhos marejam ao olhar para o lado vazio de seu menino no banco da igreja onde um dia toda a família se assentava

pela mãe de rosto inchado por causa da filha assassinada, sem sequer ter o direito de odiar o algoz, que insiste em alegar inocência

pela mãe já sem lágrimas por causa do filho idealista que não pôde enterrar

pela mãe que teve a vida de um filho interrompida por uma bala que não era para ela

pela mãe que sofre pela sua menina que se tornou mãe antes da hora

pela mãe que se lamenta por ter que cuidar sozinha dos filhos, embora não os tenha gerado sozinha

pela mãe que se afunda na dor de ver desfeito o casamento da sua filha, mesmo que celebrado um dia com a beleza de um conto de fadas e em meio a votos para durar perpetuamente

pela mãe decepcionada que um dia abrigou no coração a filha que não recebeu no ventre mas que agora insiste em conhecer a mãe "verdadeira"

pela mãe separada cuja filha o ex-cônjuge maltrata

pela mãe arrependida de ser mãe, por achar que não valeu a pena

pela "mãe" que ainda não conseguiu ser mãe

pela mãe que poderia ter (mais) filhos se não o(s) tivesse assassinado no ventre


ORO
para que o filho na droga afundado
diga, num gesto que não será olvidado:
mãe: "está limpo o seu filho amado".

para a filha para a vida preparada
possa ser reconhecida pela mercado
e seja justa e finalmente contratada.

para que na igreja o banco ao lado
pelo filho novamente volte a ser ocupado
para que nessa família o Senhor seja louvado.

para que a mãe de rosto encharcado
por causa da sua filha assassinada
possa ver o assassino condenado.

para que o cadáver do filho levado
pelo silêncio de um crime negado
possa finalmente ser enterrado.

para que a mãe de filho tomado
por uma bala de destino ignorado
tenha o seu corpo pelo Espírito consolado.

para que a filha, mãe-menina transformada,
tenha seu bebê em máximo cuidado
e queira que no Senhor seja educado

para que o pai que sozinha tem deixado
a mãe seja finalmente despertado
e dela fique prazerosamente ao lado

para que o casamento da filha terminado
seja, contra toda a esperança, retomado.
ou, finda a história, outro voto possa ser firmado.

para que a mãe de coração ultrajado
por ter a filha que a mãe biológica procurado
dela  receba gratidão pela carinho dispensado

para que o pai que tem maltratado
o filho se converta ao outro lado
e no filho não mais bata

para que a mãe de coração amargurado
seja de esperança plenamente renovada
para voltar a fruir sua maternidade

para que o ventre materno hoje fechado
seja amanhã aberto e nele seja gestado
o bebê que será por todos festejado.

para que a mãe de feto abortado
pelo arrependimento tenha o coração tomado
e por Deus fique sem culpa do seu pecado

QUE DEUS RESPONDA À ORAÇÃO DE CADA MÃE NO DIA DE HOJE.

ISRAEL BELO DE AZEVEDO

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)