BOM DIA AMIGO, 2157: ESPERA-NOS A UTOPIA

BOM DIA AMIGO, 2157 (Israel Belo de Azevedo)

“Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar”. (Eduardo Galeano)

Espera-nos a utopia

A realidade é massacrante. É como como uma pedra enorme que deixa o nosso corpo ofegante.
A realidade é apavorante. É como um túnel sem fim, sem luz nenhuma possível no sombrio horizonte.
A realidade é exuberante. Parece um deserto impossível de ser atravessado, tão longo, tão tórrido, tão sufocante.
A realidade é humilhante. Faz de nós grãos de areia ou pingos de água numa tempestade gigante.
A realidade é viciante. Gostamos dela e nos deliciamos em sua ilusão delirante.
A realidade é itinerante. Não estava aqui e chegou. Não existia e foi feita antes de nós ou através de nós. Acostumamo-nos, mas ela pode desmoronar, mesmo que seja um muro protuberante.
A realidade é migrante. Quando alguém sai de sua casa ou terra, movido por um sonho, constrói uma nova realidade, carregando uma pedra que escolheu, avançando por um túnel iluminado pela esperança, atravessando os desertos ou as águas agarrado no seu sonho, recusando a morte que parecia certa, dando passos um de cada vez, pisando um país que não existia antes.
A realidade pode ser frustrante, mas não é eterna. Se o nosso coração agasalhar a utopia e nos fizer enxergar a realidade que esperamos (Hebreus 11.1), construiremos para nós mesmos e para muitos outros uma vida realmente interessante.

Bom dia!!
Israel Belo de Azevedo
 

Assine hoje o Clube do Livro Prazer da Palavra.
 
Ouça no Facebook:
 
_________________________

Quer ouvir este BOM DIA pela voz de Israel Belo de Azevedo?

Baixe o aplicativo MINHA JORNADA e ouça não apenas o BOM DIA, mais as MEDITAÇÕES BÍBLICAS e outras seções exclusivas do aplicativo.
 
Se o seu smartphone (celular) usa o sistema operacional ANDROID, clique na imagem do Google play para baixar.
Se usa iOS (iPhone), clique na imagem da App Store.
 
          
 
Curta a página do Prazer da Palavra no Facebook, clicando na imagem abaixo, depois clique em Curtir.
 
 

_________________________

REPRODUÇÃO -- Autorizamos a reprodução deste conteúdo com a condição que seja citada a fonte nos seguintes termos: Reproduzido do site PRAZER DA PALAVRA, de Israel Belo de Azevedo, que pode ser ser acessado em www.prazerdapalavra.com.br.
 

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar