Quarta, 17/05/17 -- CONSELHOS BONS SÃO BEM-VINDOS

Refletindo: Deuteronômio 18.22
 
Precisamos de conselhos. Na verdade, precisamos de bons conselhos. Precisamos de bons conselhos na vida pessoal e na vida profissional. Esses conselhos podem estar em livros, palestras e sermões. Alguns são bons. Como saber? Precisamos olhar para quem nos oferece o conselho. Qual a sua intenção? A vida dele o autoriza a nos aconselhar? Por exemplo, pode nos dar um bom conselho sobre finanças uma pessoa endividada? Pode nos sugerir como alcançar a serenidade uma pessoa descontrolada emocionalmente? Precisamos conferir esses conselhos com a Palavra de Deus. Se um conselheiro nos diz algo que esteja contra a Palavra de Deus, não devemos levar a sua orientação a sério. A vida é nossa, não do conselheiro. Quem pagará as consequências do conselho somos nós, não quem no-los ofereceu. Sejamos cautelosos também no ouvir. 
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar