A ROCHA DA VIDA - Sexta-feira, 06/10/17

Refletindo: 2Samuel 23.1-7
 
É como se Davi estivesse escrevendo as palavras que poderiam ser impressas sobre a pedra do seu túmulo. É uma declaração de fé. É uma afirmação de confiança. É um reconhecimento da sua natureza pecaminosa. É um grito alegre de certeza de que era amado por Deus.
É como se ele dissesse:
“Eu vivi Deus, a Rocha da minha vida. Quando, com o lábios, falei, foi sua palavra em mim acolhida. Quanto a mim, apenas desejei florescer meus atos com justiça ter manhãs que projetassem sua luz porque nós dois celebramos uma aliança a que de todo o meu coração ser fiel busquei. Agora, que não temo mais os espinhos que ferem, sei que sua imensa bondade os meus queridos também alcança”.
É um canto cheio de coragem. Precisamos da mesma coragem para dizer as mesmas coisas, mesmo que com outras palavras.

_________________________

REPRODUÇÃO -- Autorizamos a reprodução deste conteúdo com a condição que seja citada a fonte nos seguintes termos: Reproduzido do site PRAZER DA PALAVRA, de Israel Belo de Azevedo, que pode ser ser acessado em www.prazerdapalavra.com.br.

Comentários   

 
0 #1 A ROCHA DA VIDA - Sexta-feira, 06/10/17Maria Larissa 08-10-2017 06:57
Isto texto é vale a atenção de todos. Como pode descobrir mais?


Meu homepage : site oficial
do suplemento estimulante senior: http://www.linconsousa.com/senior-estimulante-sexual-funciona/
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar