Terça, 16/05/17 -- DUPLA FINALIDADE

Refletindo: Deuteronômio 14.22-29
 
Observemos onde, no texto bíblico, está posto o convite à entrega do dízimo se dá. Antes, vem uma orientação sobre duas coisas que receberam de Deus: sua identidade de povo amado e os animais para o sustento dos corpo. Depois, vêm orientações sobre o cuidado mútuo que deve haver entre este povo, para que não haja desigualdade (social e econômica). O dízimo faz parte deste cuidado e tem os seguintes destinos, claramente apresentados (Deuteronômio 14.28-29): sustento dos levitas (vale dizer, o funcionamento do serviço religioso) e a provisão das necessidades dos pobres. 
Para ser fiel, uma igreja precisa usar os dízimos recebidos nestas duas finalidades.
Quando o cristão compreende que o dízimo foi o meio que Deus providenciou  para que, através da igreja, seu multiforme amor se manifeste, tudo fará para ser fiel na entrega dos seus dízimos, como Deus espera.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar