Roteiro para Pequenos Grupos - PARÁBOLA DOS SOLOS: Roteiro 3 – solo 3 “Terra cheia de espinhos”

Textos:Marcos 4.1-20; Mateus 13.1-23; Lucas 8.4-13.

 

ENCONTRO: Qual o seu livro favorito?

 

EXALTAÇÃO: Leia o Salmo 126.    Destaque que semear é um privilégio Orem agradecendo por aqueles que influenciaram sua vida, a fim de que você se tornasse um seguidor de Jesus

.

Sugestões de cânticos: Abra os olhos do meu coração (06)

                                             Abraça-me (07)

                                             Coração igual ao teu (49)

                                             Diante da cruz (63)

                                             Entrega (71)

 

 

EDIFICAÇÃO: Marcos 4.1-15

Jesus novamente levante seus olhos e nota um terceiro tipo de coração. Ele mostra que se parecem com a terra cheia de espinhos.

 

IMPORTANTE: Lembre-se de que você deve deixar que o grupo responda primeiro as perguntas.

 

 

1.     O solo cheio de espinhos é solo dominado pelas amarguras da vida. Por que algumas pessoas recebem a Jesus, mas a amargura continua dominando seus corações?

R: Não o receberam com alegria. Seu foco é a tristeza. Muitos são os que conhecemos como “pessimistas”. Não perdoam. Não esquecem.

 

2.     O solo cheio de espinhos é o solo tomado pelo legalismo. Como podemos definir o perfil dos legalistas?

R:São pessoas exigentes, ou consigo mesma ou com os outros. Não aprenderam que o jugo de Jesus é suave, porque gostam de carregar pedras. São pessoas que tem dificuldade em amar!

 

3.     O solo cheio de espinhos é o solo da indecisão. Por que muitos estão adiando a decisão definitiva de seguir a Jesus?

R. Muitos não querem abandonar seus pecados, abandonar o caminho largo. Acham que podem servir a dois senhores. Muitos são escravos de vícios, maus hábitos, religiosidade, presos ao mundo.

 

EVANGELISMO: Incentive seu grupo a que cada componente convide uma nova pessoa toda semana. Orem pelos nomes da ficha de relacionamentos.  

 

Oração:Ouça os pedidos de oração.  Ministre a todos. Divida em duplas de oração para que orem uns pelos outros.